Dia do Engenheiro Metalurgista – 10 de abril

Sabemos que o ramo da engenharia possui inúmeras especialidades, uma profissão essencial no desenvolvimento da sociedade, que marca presença em diversos setores como na Economia, Medicina, Mercados Financeiro, Área Comerciais, Tecnologia, Indústrias e no setor acadêmico.

O profissional de Engenharia desenvolve uma carreira tendo base os conhecimentos científicos e matemáticos, além de utilizar a criatividade na busca de soluções práticas de problemas técnicos que surgem no decorrer das décadas.

Após finalizar a graduação em engenharia, cursos e universidades reconhecidas pelo MEC, o recém-formado deve obter o registro profissional junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Vamos conhecer um pouco mais sobre a Engenheira Metalúrgica.

A  Engenharia Metalúrgica  uma categoria que está relacionada diretamente com a engenharia de materiais, destinado ao conhecimento  dos materiais metálicos. englobando desde o beneficiamento de minérios metálicos, refino/redução, caracterização estrutural, propriedades mecânico-metalúrgicas, produção e processamento.

Na graduação, os futuros engenheiros metalurgistas são capacitados para desenvolver pesquisas e projetos relacionados a processos, propriedades, processamento, estrutura, seleção e aplicação dos aços sempre com olhar no desempenho e custo.

Quais são os Pilares da Engenharia Metalúrgica?

Os pilares da engenharia metalúrgica estão na metalurgia extrativa, as transformações metalúrgicas e a metalurgia física, estudar com profundidade cada campo dessa engenharia gera todo o diferencial que o metalurgista carrega consigo e agrega nas etapas de transformação de um minério ou sucata em um produto.

Partir de uma matéria-prima bruta como o minério para produzir uma peça de aço requer conhecimento dos processos de produção primário e refino de metais. Para dar forma adequada ao produto e observar seu desempenho é de suma importância, por exemplo, entender as etapas de conformação mecânica, tratamentos térmicos, tratamento de superfícies e pós processamentos. Mas tudo isso requer uma base sólida das características do material obtido através do estudo das interações físicas e químicas.

Onde o Engenheiro Metalúrgico pode trabalhar?

O trabalho relacionado a engenharia metalúrgica é bem abrangente, podendo destacar os setores da indústria como a Siderurgia, indústrias de autopeças e forjadores.     empresas de projetos e de consultoria, centros de pesquisas privados e públicos, além de bancos e empresas de Tecnologias de informação.

Experiencia & Atuação

Como sabemos, a Universidade é importante para a formação de qualquer profissional, porém para aqueles que querem atuar com excelência no mercado de trabalho é importante buscar outras formas para complementar a formação acadêmica, através de estágios, participação em cursos e eventos e palestras do setor.

  • Com foco em oferecer conhecimento diferencial ao público acadêmico a ABM Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração oferece aos estudantes de engenharia um evento conhecido como ENEMET – Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Metalúrgica, de Materiais e de Minas.

https://www.abmbrasil.com.br/por/evento/abm-week-6-edicao/20-enemet

Existem inúmeros tipos de aços e com uma vasta aplicação, sendo presente no nosso dia a dia em tantos produtos que a lista não teria fim. Um breve olhar a nossa volta para percebemos a importância desse ramo da engenharia para a nossa vida! “

Eric de Matos Amorim – Gestor de Vendas na Área Comercial da Gerdau Aços Especiais é Engenheiro de Materiais formado pela Universidade Federal do ABC, cursou metalurgia no Instituto Federal De Educação, Ciência E Tecnologia Do Sudeste De Minas Gerais. Possui MBA em Gestão de empresas pela Universidade Cruzeiro do Sul.

Para finalizar esse post agradecemos aos Engenheiros Metalurgistas estes que utilizam o conhecimento científico a serviço do desenvolvimento da humanidade.

Fontes utilizadas no desenvolvimento do post

Esse conteúdo foi útil para você?